terça-feira, 30 de junho de 2009

ESPELHO MEU!

Somos exatamente como espelhos...
refletimos aquilo que recebemos!
Receber o melhor está em suas mãos!
" O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de seus próprios pensamentos e seus atos. A maneira como você encara a vida é que faz toda diferença. A vida muda, quando você muda".


"Cuida da imagem que você anda deixando por onde passa.
Que lembrança você anda gravando nas pessoas?
Você é o símbolo da alegria, da bondade, da esperança ou vive amargurada e passa para todo mundo a dor, a revolta, o desespero, a falta de esperanças?
Por onde você passa você fala de realizações, de boas energias, tem sempre uma boa notícia, uma palavra amiga, um gesto de esperança, ou leva contigo a reclamação, a agonia, o gemido constante, os olhos sempre úmidos de lamentação?
Onde você chega as pessoas se aproximam para cumprimentar e querem te abraçar com festa ou se afastam com mil desculpas pela sua negatividade?
Se alguém te der um espelho agora, seu rosto vai mostrar a alegria de quem tem a certeza da vitória, ou a tristeza de quem se acostumou com a dor e a derrota?
Seu rosto é a expressão de quem espera alguém ou alguma coisa para ser feliz, ou de quem já vive feliz com o que tem?
Marca a tua caminhada pela Terra com marcas que nunca se apagam, escreve com o coração tudo o que fizer, assim, as dores serão passageiras e rápidas na tua vida.
Carrega em você a semente da alegria e distribua para todos que se aproximarem de você, assim nunca te faltarão amigos dispostos a dividir o peso da sua jornada.
Conquiste amigos em todos os lugares por onde andar e conquistará um tesouro eterno, que nenhum ouro poderá pagar.
Que a sua marca de vida seja a alegria, assim, deixarás para sempre, uma lembrança suave de quem será amado para sempre".
(Paulo Roberto Gaefke)
 

segunda-feira, 29 de junho de 2009

TIME IS MONEY


Looooonge de ser uma Marta Stewart ou um Bill Gates da vida (infelizmente! rs...), mas tenho os meus " insights", de tempos em tempos... rs... Se eu fosse como eles, certamente não estaria aqui escrevendo este BLOG (viu? nem tudo é assim tão perfeito!... rs... pois eu adoro tirar este tempinho para escrever... e saber que você vem ler! Obrigada por isso também, já que toquei no assunto!)

Quando me refiro à "insights", seriam algumas coisinhas que nos despertam para novas possibilidades... algo criativo... e sobre este assunto específico, algo que traga retorno financeiro... $$$$$!
Às vezes, ficamos tão bitolados em um único tipo de negócio que acabamos não enxergando as possibilidades que o mundo nos oferece. Penso que a nossa realização pessoal é inquestionável e deve sempre vir em primeiro lugar, sem dúvida. Agora, precisa-se estar preparado para pagar o preço por isso, caso o nosso "dom maior" não seja algo assim tããããão rentável (como arquiteta de formação, sei exatamente do que estou falando).
A não ser que você possua um " QI financeiro" altíssimo e conte com o fator "sorte", a gente precisa mexer o doce antes que ele desande. O que eu sugiro é que façamos o que nos dá prazer e algo que seja viável financeiramente, concomitantemente. Equilibrar diferentes atividades nem sempre é assim tão fácil, mas te digo, com conhecimento de causa, modéstia à parte, não é impossível!
Infelizmente, dinheiro não dá em árvore! TRABALHO nunca foi e nunca será vergonha nenhuma, não importa qual o ramo de atividade. Conheço pessoas cujas funções múltiplas que desempenham, à primeira vista, parecem ser completamente incompatíveis. Num segundo momento, o que vislumbro é exatamente o oposto. Uma coisa puxa a outra e, como num ecossistema natural, todos precisam de todos os serviços e produtos, por mais diferentes que sejam.
Se a sua renda pessoal não está lá essas coisas e isso, de alguma forma está te deixando infeliz, pare por um instante e reflita no mundo de possibilidades que existem. Fazer doces e bolos para festas em horas vagas, artesanato durante a novela, massagem em domicílio, caligrafar convites de casamentos, dar aulas de inglês particular, vender AVON para as vizinhas... são só alguns exemplos que me vêm à cabeça em 01 segundo, para incrementar a renda pessoal. Daí você me diz: "Maaaas, eu não sei fazer nada disso que você mencionou.... uma pena!" Fala sériooo, né? Quem quer e precisa, vai à luta! Aprende! Esforça-se! Faz por merecer! Muitos empreendimentos milionários começaram assim, em casa, de maneira tímida, muitas vezes, mas, com força de vontade e visão de seus idealizadores, se transformaram em grande potências. Não que a sua ambição deva ser esta. Não falo disso... mesmo porque sobre isso também podemos escrever um capítulo à parte, em função dos prejuízos pessoais e familiares pelo excesso de ambição. Não falo neste níveis. Seria apenas aquilo que está te faltando para efetivamente se sentir realizada(o) e poder oferecer o melhor para si mesmo e para aqueles que dependem de você.
Sinto que algumas pessoas encaram o dinheiro como algo SUJO. Aprenderam desde cedo com seus pais e educadores que quem tem dinheiro é porque, de alguma forma, trapaceou ou passou por cima de outras pessoas para adquirir esta condição. Isto existe sim! E como existe!!! Nossos inúmeros exemplos diários da política e de tantos outros que fazem uso deste caminho endossam esta questão (não que eu ache que TODOS os políticos sejam "ladrões" ou desonestos... sei que existem muitas excessões!). Mas assim como você, que é uma pessoa honesta e com princípios bem definidos, existem tantas outras que também compartilham do mesmo preceito de vida e também conseguem condições bem confortáveis pela confiança que depositam em suas capacidades pessoais. Então, não tenha medo nem vergonha de dizer que GOSTA DE DINHEIRO. Quem fala o contrário, no mínimo está sendo um "rebelde sem causa", para não dizer outras coisas, e, como as palavras e os pensamentos têm poder, agindo assim, acabamos afastando-o de nós. O dinheiro nos traz conforto e auto-estima, sejamos sinceros! E a MELHOR parte, é que com ele, você terá o prazer de poder ajudar o seu próximo de uma maneira bem efetiva, sem que isso seja motivos de soberba, obviamente. Aquele provérbio que diz: "Deus não dá asas para cobra!", talvez se encaixe bem à algumas pessoas, mas CERTAMENTE não à você, que é tão especial! CORAGEM! SUCESSO!
Agilize-se! Porque:

TIME IS MONEY!!!
Viver como se fosse o último dia
Trabalhar como se fosse para Deus
Gostar de todos como se fosse Amor
Libertar-se como se estivéssemos no fim de todas as dores...
Olhar tudo como se fosse uma obra de arte
Caminhar como se estivéssemos na nuvens
Abraçar a todos como se fossem nossos filhos
Perdoar como se nunca tivéssemos sido ofendidos
Desapegar-se como se não tivéssemos as mãos
Cooperar como se não houvesse luta
Sorrir como se tudo fosse uma brincadeira
Recomeçar como se fosse a última chance.
Em qualquer ação, o importante é fazê-la com vontade,
como se fosse a primeira vez.
Consciente que o tempo não volta
E que tudo que passou é para sempre...
Luis Antonio Gasparetto

domingo, 28 de junho de 2009

A VIDA IMITA O VÍDEO

ADOOOOOORO CINEMA!!!
MUITO MESMO!

Mas com a correria do dia a dia, tenho ido com menos frequência do que gostaria, infelizmente, neste meu lazer, que é um dos meus preferidos.
Esta semana, fui ao cinema e assisti este filme, que está em cartaz:
MINHAS ADORÁVEIS
EX-NAMORADAS
Me diverti muito, pois era de uma comédia romântica, tipo "água com açúcar", que eu precisava naquele dia. Além dos atores serem ótimos, existem alguns pontos bastante profundos sobre RELACIONAMENTOS que são abordados através da caricatura típica de alguns homens, aqueles que têm pavor ao compromisso... e, ao amor!
Ontem fui a mais um casamento... e SIM! Ainda tem gente que acredita no amor, o que me deixa muuuuuito feliz! Porque no fim, o que todos nós (ou a maioria) queremos mesmo, é aquele(a) talzinho(a) por perto que vai nos entender e dar-nos o ombro, naqueles dias quando nada mais parece fazer sentido...
Faço a minha sinopse pessoal baseada na idéia inicial do filme e de seu protagonista, quando ele diz:"O poder do relacionamento está sempre nas mãos de quem se importa menos"... mas com a evolução das cenas, no final ele mesmo conclui: "O poder do relacionamento está sempre nas mãos de quem se importa menos... mas isso não significa que seja ele/ela o/a mais feliz da estória"!


(ARTHUR DA TÁVOLA)


"Por mais que o poder e o dinheiro tenham conquistado uma óptima posição no ranking das virtudes, o amor ainda lidera com folga.
Tudo o que todos querem é amar.
Encontrar alguém que faça bater forte o coração e justifique loucuras.
Que nos faça entrar em transe, cair de quatro, babar na gravata.
Que nos faça revirar os olhos, rir à toa, cantarolar dentro de um ônibus lotado.
(Tem algum médico aí?? )
Depois que acaba esta paixão retumbante, sobra o quê? O amor.
Mas não o amor mistificado, que muitos julgam ter o poder de fazer levitar.
O que sobra é o amor que todos conhecemos, o sentimento que temos por mãe, pai, irmão, filho. É tudo o mesmo amor, só que entre amantes existe sexo.
Não existem vários tipos de amor, assim como não existem três tipos de saudades, quatro de ódio, seis espécies de inveja.
O amor é único, como qualquer sentimento, seja ele destinado a familiares, ao cônjuge ou a Deus. A diferença é que, como entre marido e mulher não há laços de sangue, a sedução tem que ser ininterrupta.
Por não haver nenhuma garantia de durabilidade, qualquer alteração no tom de voz nos fragiliza, e de cobrança em cobrança acabamos por sepultar uma relação que poderia ser eterna.
Casaram. Te amo pra lá, te amo pra cá.
Lindo, mas insustentável.
O sucesso de um casamento exige mais do que declarações românticas.
Entre duas pessoas que resolvem dividir o mesmo teto, tem que haver muito mais do que amor, e às vezes nem necessita de um amor tão intenso.
É preciso que haja, antes de mais nada, respeito.
Agressões zero.
Disposição para ouvir argumentos alheios.
Alguma paciência.
Amor, só, não basta.
Não pode haver competição.
Nem comparações.
Tem que ter jogo de cintura para acatar regras que não foram previamente combinadas.
Tem que haver bom humor para enfrentar imprevistos, acessos de carência, infantilidades.
Tem que saber levar.
Amar, só, é pouco.
Tem que haver inteligência.
Um cérebro programado para enfrentar tensões pré-menstruais, rejeições, demissões inesperadas, contas pra pagar.
Tem que ter disciplina para educar filhos, dar exemplo, não gritar.
Tem que ter um bom psiquiatra.
Não adianta, apenas, amar. Entre casais que se unem visando à longevidade do matrimônio tem que haver um pouco de silêncio, amigos de infância, vida própria, um tempo pra cada um.
Tem que haver confiança.
Uma certa camaradagem, às vezes fingir que não viu, fazer de conta que não escutou.
É preciso entender que união não significa, necessariamente, fusão.
E que amar, "solamente", não basta.
Entre homens e mulheres que acham que o amor é só poesia, tem que haver discernimento, pé no chão, racionalidade.
Tem que saber que o amor pode ser bom, pode durar para sempre, mas que sozinho não dá conta do recado.
O amor é grande mas não é dois.
É preciso convocar uma turma de sentimentos para amparar esse amor que carrega o ônus da onipotência.
O amor até pode nos bastar, mas ele próprio não se basta.
Um bom Amor aos que já têm!
Um bom encontro aos que procuram!
E felicidades a todos nós! "
*Certamente não é nada fácil estabelecer todos os protocolos do relacionamentos e seguí-los à risca. Mas, nos resta tentar e dar o melhor de nós, sempre! Erros, todos cometemos... e quantos!!! Mas eles também nos servem para o amadurecimento e evolução pessoal...

sábado, 27 de junho de 2009

FESTA JUNINA





...."Pula a fogueira iaiá,
Pula a fogueira ioiô,
Cuidado para não se queimar
Pois essa fogueira já queimou
o meu amor"...


Junho é mês de festa... são tantas que até perdemos a conta! E haja Santo para ser homenageado!!! rs... Crenças à parte, a verdade é que as festas juninas fazem parte do calendário nacional e aqui na nossa região são bastante concorridas. Ontem fomos ao Arraiá do Nhô Evaldo e Nhô Pedro Viana e da Nhá Muriel e Nhá Suzana, nossos amigos, e estava muito gostoso!

Como o mês de junho é a época da colheita do milho, grande parte dos doces, bolos e salgados, relacionados às festividades, são feitos deste alimento. Pamonha, cural, milho cozido, canjica, cuzcuz, pipoca, bolo de milho são apenas alguns exemplos. Além das receitas com milho, também fazem parte do cardápio desta época: arroz doce, bolo de amendoim, bolo de pinhão, bombocado, broa de fubá, cocada, pé-de-moleque, quentão, vinho quente, batata doce e muito mais.
A simplicidade dos trajes e dos costumes destas festas é que nos chamam atenção. Trazendo à tona a verdadeira essência dos brasileiros e da nossa cultura mais primitiva, com as origens no meio rural e na autenticidade do nosso povo. Acho que é por isso que as festas juninas atraem tantas pessoas, uma vez que as mesmas nos colocam em contato mais próximo com nossas origens, sem os excessos, relativamente "fúteis" da vida cotidiana. Um ambiente livre de estereótipos a serem seguidos. Um espaço basicamente LIVRE! Eis aqui, a receita do sucesso! Porque no fundo, ricos, pobres, brancos, negros, católicos, evangélicos, intelectuais e não letrados.... todos! Todos temos uma essência verdadeiramente simples, mesmo que as máscaras mostrem o contrário.








Um monte de capirinhas juntos...


..."O balão tá subindo

Tá caindo a garoa

O céu é tão lindo

E a noite é tão boa

São João, São João

Acende a fogueira

do meu coração"...


sexta-feira, 26 de junho de 2009

VOLTA AO MUNDO

Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV APENAS. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser. Que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver.”
Logo que comecei a escrever neste BLOG, recebi muitos e-mails com pedidos diversos, sobre os temas dos quais meus amigos gostariam de encontrar aqui. E este, foi um deles... Os Lugares que pretendo conhecer...
Não é novidade para ninguém que AMO viajar. E quem não gosta, né? Mas o engraçado é que quando estou numa viagem, já estou pensando na próxima. SIM! Tenho gana de conhecimento... de vivenciar as maravilhas que Deus fez neste mundo. Aprecio muito o contato com povos e culturas diferentes. E só apartir deste ângulo é que tomamos enfim, a ciência do quão pequenos somos, perante esta vastidão que é o nosso mundo... Isso não é ruim, de maneira nenhuma! Na verdade, nos faz apenas entender que, diferente do que a maioria das pessoas pensam e sentem, existe sim, vida, além do horizonte que enxergamos (isso para aqueles mais visionários, na verdade... porque existem outras pessoas que não enxergam além do próprio umbigo... nestes casos, não tenho comentários a fazer! rs...)
Já conheci alguns lugares maravilhosos e outros um tanto exóticos. Todas as minhas experiências neste sentido foram válidas, porque entendo que só assim adquirimos parâmetros para entender e valorizar o lugar em que vivemos.
Brinco com a minha mãe, que é uma viajante NATA, e atualmente está casada com a mala (rs), que quando eu crescer, quero ser como ela. Acho que tenho para quem puxar, sem dúvidas! rs
A seguir, minha lista de TOP 10, para as próximas viagens (lugares que pretendo conhecer em breve, se DEEEEUS QUISER... rs):
VIAGENS INTERNACIONAIS
  1. ESPANHA (Madri, Barcelona, Córdoba, Sevilha, Bilbao, Vigo, Santiago de Compostela e IBIZA);
  2. TAHITI (Bora Bora, Papetee, Moorea);
  3. REPÚBLICA DOMINICANA ( Punta Cana e Santo Domingo);
  4. GRÉCIA (Atenas e Ilhas Gregas);
  5. AUSTRÀLIA ( Melbourne, Sidney, Camberra, Cairns)
  6. CANADÁ (Toronto, Ottawa, Quebec, Montreal, Vancouver, Whistler, Cataratas do Niágara));
  7. EMIRADOS ÁRABES UNIDOS & EGITO( Dubai, Cairo, Luxor, Esna)
  8. ALEMANHA ( Berlin, Frankfurt, Bonn, Hannover, Munique)
  9. LESTE EUROPEU (Viena, Praga e Budapeste);
  10. PERU (Lima, Cuzco, Machu Pichu).
VIAGENS NACIONAIS
  1. BELÉM E PARITINS;
  2. FORTALEZA;
  3. MANAUS E RESORT FLORESTA AMAZÔNICA;
  4. CALDAS NOVAS (GOIÁS);
  5. FERNANDO DE NORONHA;
  6. ARACAJÚ;
  7. MORRO DE SÃO PAULO (BAHIA);
  8. PENÍNSULA DE MARAÚ (BAHIA);
  9. LENÇÓIS MARANHENSES (com São Luís);
  10. GUARAPARI E VILA VELHA (Espírito Santo).
Bom, enquanto não chega a hora de embarcar, fico aqui "viajando"... E aprendendo mais sobre estes destinos. Porque uma das melhores partes da viagem é o que antecede a mesma, os preparativos... a busca por informações sobre o nosso destino... MAAAS, a melhor parte MESMO, é, certamente, quando por fim, colocamos os nossos pés dentro do nosso lar novamente... no retorno, com a mente aberta e com os tais parâmetros que mencionei no começo deste post. Enfim:
"Conheça o mundo, mas jamais se esqueça
do quintal da sua casa".
BOA VIAGEM!!!

quinta-feira, 25 de junho de 2009

RODA GIGANTE


A lógica da vida se compara a uma RODA GIGANTE . Primeiro você entra nela, efetivamente... depois do medo inicial, se vê participando de uma viagem bem gostosa e tranquila, quanto mais ao alto se chega, mais o mundo te mostra coisas, muito diferentes daquelas que você conhecia, quando ainda estava embaixo e não podia enxergar... E essa viagem é sempre muito prazerosa, com novas descobertas e a efêmera e falsa sensação de que nunca mais se retornará à origem. De repente a gente chega no topo, e como é bom aquela paradinha por lá, necessária também, pois outras pessoas precisam embarcar nesta mesma roda gigante. E daí ela continua a girar, e começa o processo de descida... e, aos poucos vamos reconhecendo aquelas situações previamente vividas. A única diferença é que estamos do outro lado agora. E o chão vai se aproximando, e de repente precisamos fazer a mesma paradinha, como no começo. Agora nos resta duas alternativas: saltar, desistir do passeio, finalizar este processo definitivamente ou, mais uma vez, continuar a girar, e ver o movimento de subida novamente. Com percepções cada vez mais aguçadas agora. Neste momento, se você FELIZMENTE, optou pela sequência, conseguirá visualizar coisas que antes não estavam tão claras... e chega-se ao ápice novamente! Mas neste momento, o orgulho exacerbado da primeira vez por ter chego ao ponto mais alto, já deve ser mais comedido, pois agora já se sabe que isso também passará... e outra pessoa ocupará este espaço mais adiante. E gira... e gira... e a vida por fim faz a sua parada final. Neste momento, cabe-nos simplesmente deixar a roda gigante e tocar em frente... para conhecer o outro ciclo que nos está reservado. Este, certamente mais lindo e puro, quando finalmente se chega próximo do nosso Criador!

Nossas RODAS GIGANTES às vezes têm paradas bruscas, no meio do caminho, o que geralmente nos pegam de surpresa, pois infelizmente somos condicionados a entender a lógica de paradas em pontos específicos... mas daí, alguém precisa subir também, nesta mesma roda, e o "Operador da Roda" (DEUS!), faz este intervalo, tirando a sequência branda da viagem. Isso acaba nos assustando, claro... não estávamos preparados, como disse... e para que haja lugar para esta nova pessoa em nossa roda gigante, é preciso que outra saia, e deixe este lugar vago... e por fim nos acostumanos novamente a esta rotina... Neste momento, quanto mais evoluídos estivermos, mais fácil se torna o processo de apreciar (mesmo que possíveis dores nos atravessem o caminho eventualmente) o resto do nosso passeio!...

"De Tudo Ficam Três Coisas:

A certeza de estarmos sempre começando

A certeza de que é preciso continuar

E a certeza de que podemos ser interrompidos

antes de terminarmos.

Portanto:
Fazer da interrupção um caminho novo,

Da queda um passo de dança,

Do medo uma escada,

Do sonho uma ponte,

Da procura um encontro".

(Fernando Sabino)


RODA GIGANTE

Rosa De Saron
Composição: Eduardo Faro


Sinto um cansaço que me tira a paz

Finjo e disfarço mas não agüento mais

Medos e angústias se sobressaem

Sinto sua falta as minhas lágrimas caem

Com você eu descobri o meu melhor

Vi que havia muito mais ao meu redor

Sem você há um vazio bem maior

Onde perco o rumo numa estrada bem pior

Fui preso numa roda gigante

Que insiste em rodar

Me consumindo a todo instante

Preciso me libertar...


quarta-feira, 24 de junho de 2009

EDREDON

Hoje, para nossa agradável surpresa, amanheceu bem friozinho aqui nesta terrinha, geralmente tão calorenta. E eu, AMO o frio! Ainda estou embaixo do endredon, escrevendo este post. Neste momento não consigo pensar muito, só no prazer que é ficar enrolada entre as cobertas. Daí me dei conta das tantas vezes que deixo passar despercebido estes pequenos momentos, sem dar o devido valor...



Entre travesseiros e lençóis, escuto uma música que diz assim: ..."Todo caminho tem, tem ida e volta... E no coração, alguém que já amou... um campeão se mostra na derrota, na força pra lutar quando já cansou"... Linda! O que nos faz lembrar que qualquer que seja o "problema" da vez, este também, amanhã, já estará no passado, como tantos outros já vividos. E por tal, devemos dar a devida atenção, na devida proporção, sem aumentá-los ou diminuí-los.
E o cheiro de pão de queijo recém assado vai entrando pelas frestas da porta... o problema, é ter coragem para levantar para comer... este é o meu dilema de hoje! rs... BEIJOS!






terça-feira, 23 de junho de 2009

CAPACITADOS


"DEUS NÃO ESCOLHE OS CAPACITADOS.
ELE CAPACITA OS ESCOLHIDOS!"

Chega um dia em que a gente questiona a própria capacidade de realização... e MUITAS vezes não nos sentimos capacitados para enfrentar todos os obstáculos que encontramos pela frente. Quem nunca pensou em desistir no meio do caminho? Eu já... e acho difícil encontrar alguém que diga que não... mas a presença de DEUS nas nossas vidas nos faz mais fortes... dia a dia... e, vamos vencendo individualmente cada dificuldade que nos aparece e nos tornando cada vez mais evoluídos.

Quando, eventualmente, você se sentir assim, lembre-se que existe um DEUS maior que faz muita questão de você! E que por você ser assim tão especial, Ele o deixa livre para escolher a própria felicidade... Acredito mesmo que: Ser feliz é uma (das) escolha(s)! Você pode escolher ou não esta opção. Agooooora, eu torço mesmo para que a sua escolha seja esta!


"A coisa mais importante que você possui é o dia de hoje.
O dia de hoje, mesmo que esteja espremido
entre o ontem e o amanhã,
deve merecer sua total prioridade.
Só hoje você pode ser feliz.
O amanhã ainda não chegou
e já é muito tarde para ter sido feliz ontem.
A grande maioria das nossas dores
é fruto dos restos de ontem
ou dos medos de amanhã.
Viva o dia de hoje com sabedoria:
decida como irá alimentar seus minutos,
o seu trabalho, o seu descanso...
E faça tudo que seja possível
para que o dia de hoje seja seu,
já que ele lhe foi dado tão generosamente.
Respeite-o de tal maneira que,
quando for dormir,
Você possa dizer:
Hoje eu fui capaz de viver, amar e ser feliz"!

segunda-feira, 22 de junho de 2009

BREVE PASSAGEM



De repente a gente se dá conta que nada NESTE MUNDO é eterno. Eu não sou... você também não é... estamos aqui de passagem e alguns, numa brevíssima passagem.
Minha voz hoje fica mais abafada pela enorme dor que a ausência prematura de um filho pode causar. Para minha QUERIDA AMIGA EDNA D'ARC, e toda a família que estão tão presentes diariamente na minha vida, peço à Deus o acalanto de vossos corações neste momento tão difícil e que ELE possa acolher com todo amor o Cleiton, que tão cedo nos deixou...
FIQUEM NA PAZ DO SENHOR!!!

"Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.
Há tempo de nascer, e tempo de morrer;
Tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
Tempo de matar, e tempo de curar;
Tempo de derrubar, e tempo de edificar;
Tempo de chorar, e tempo de rir;
Tempo de prantear, e tempo de dançar;
Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras;
Tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar;
Tempo de buscar, e tempo de perder;
Tempo de guardar, e tempo de lançar fora;
Tempo de rasgar, e tempo de coser;
Tempo de estar calado, e tempo de falar;
Tempo de amar, e tempo de odiar;
Tempo de guerra, e tempo de paz".
(ECLESIASTES 3)

domingo, 21 de junho de 2009

ARCO ÍRIS


"DEPOIS DA TEMPESTADE, SEMPRE VEM O ARCO ÍRIS..."

Se fosse tão simples assim passar pela tal "tempestade", certamente o mundo seria mais feliz... O arco íris seria como um PRÊMIO por suportar tamanha dor, de uma tempestade que muito machuca. Minha analogia hoje vem justamente porque o arco íris tornou-se ícone de um movimento do qual respeito muito, o Movimento Gay.
Sou HETEROSSEXUAL convicta (exponho isso NÃO como forma de defesa pessoal ou até mesmo de uma possível idéia de preconceito, porque do contrário, não partiria de mim este post), o que talvez não faça de mim a pessoa mais apropriada para falar sobre a dor e frustração que a maioria dos homossexuais passam.
Minha profissão (arquitetura e decoração), bem como meus empreendimentos (salão de beleza e SPA) benefeciam o contato maior com homossexuais (principalmente do sexo masculino), já que estes espaços exigem profissionais que necessitam ser dotados de grande sensibilidade (o que não quer dizer, em hipótese alguma, que estas profissões são essencialmente "gays". Dizer isso seria na verdade tudo que abomino, algo taxativo e preconceituoso!... rótulos!... nada disso!) e que em geral, são características marcantes em muitos homossexuais.
Por manter este contato tão próximo com um certo número de homossexuais diariamente, tive a sorte de entender melhor como este mundo funciona e perceber o quão especiais são estes nossos irmãos!
Não defendo a bandeira gay por achar que o "amor deve ser livre", como em movimentos mais antigos, como por exemplo, os Hyppies... Não! Não defendo nenhuma forma de promiscuidade e também não me coloco no papel de "juíza maior", para julgar se é certo ou errado.
Tenho consciência de que as tais "Leis de Deus" também condenam o amor entre pessoas do mesmo sexo, o que num primeiro momento nos dá um certo espaço para ser contra esta situação.
Se você, que está lendo este post agora, tiver a mesma preferência sexual que a minha, talvez até se sinta "ofendido" por eu ter iniciado esta discussão... o que eu não posso deixar de dizer que é uma grande falta de COMPAIXÃO e AMOR AO PRÓXIMO ...
AGORA, se você é gay por essência, talvez neste momento esteja lembrando de todas as dores que a vida te traz por ser assim "diferente" do que o mundo espera de você. Deve estar lembrando também de todo preconceito que você já teve que passar por ser naturalmente assim, por todas as coisas que você precisa abdicar diariamente por ser apenas... assim! E, se você é, e não aceita, não tem coragem de mostrar ao mundo a sua verdadeira essência, sinto meeesmo por ti! Não me cabe julgar, como disse anteriormente, as tuas decisões, mas sei que DEUS NOS COLOCOU NESTE MUNDO PARA SERMOS TODOS FELIZES... e, em hipótese alguma, ELE, nosso PAI e CRIADOR, desejou esta "diferenciação" como forma de confronto às Suas Próprias Leis.
Meus irmãos, em minha casa, sejam sempre BEM VINDOS!
"Quanto mais diferente de mim alguém é, mais real me parece, porque menos depende da minha subjetividade".
IMAGINE
(JHON LENNON)

Imagine there's no heaven
It's easy if you try
No hell below us
Above us only sky
Imagine all the people
Living for today
Imagine there's no countries
It isn't hard to do
Nothing to kill or die for
And no religion too
Imagine all the people
Living life in peace
You may say, I'm a dreamer
But I'm not the only one
I hope some day you'll join us
And the world will be as one
Imagine no possessions
I wonder if you can
No need for greed or hunger
A Brotherhood of man
Imagine all the people
Sharing all the world
You may say, I'm a dreamer
But I'm not the only one
I hope some day you'll join us
And the world will be as one

quinta-feira, 18 de junho de 2009

CARPE DIEM!

Tem dias que a gente quer mais é que o mundo finalmente acabe, para poder morrer encostado, né? rs... Nossa! Que sentença mais estranha para se começar um post, não? Mas é verdade... às vezes o cansaço chega e toma conta... o negócio é tão físico que nem o empurrãozinho de uma "alma" tranquila e bem resovida ajuda... rs...
Mas, se você estiver num desses dias e chegar ao ponto de não ter muita força para seguir em frente, tenho uma receitinha ótima!


Primeiro, pare por uns instantes. Levante as pernas, tente não pensar em nada.
Segundo, feche os olhos... se puder ter uma musiquinha de fundo, só instrumental, melhor... se não der, tudo bem também... Com os olhos ainda fechados, tente imaginar uma luz... apenas isso... Neste momento, seu corpo começa a entrar em equilíbrio com as energias do seu entorno, e provoca uma sensação de relaxamento indescritível!


AGORA, se você precisa de algo mais forte, tipo "tratamento de choque"(rs), se dê de presente um momento de relaxamento em um espaço especial, tipo um centro de estética ou, de preferência, um SPA. Diferente do que a maioria das pessoas pensam, SPA não é apenas um lugar onde se vai para ter uma dieta restrita de calorias e com a finalidade de emagrecimento. Na verdade, este termo foi aos poucos, sendo modificado da sua verdadeira essência original.


SPA é uma sigla que significa, em latim, Salut per Acqua, ou seja, Saúde pela Água. Surgiram nos tempos da Roma antiga, nos tradicionais Banhos Romanos, aqueles espaços "públicos" cheios de tanques de imersão com diversas temperaturas, destinados ao relaxamento, apenas e tão somente. Seria a tal "saúde pela água"...
Hoje, existem mil opções neste sentido e... aproveitando a propaganda gratuita (rs), aqui em Cuiabá, a LA PROVENCE, é uma boa pedida... Além dos tradicionais banhos especiais, tem-se uma infinidade de opções, o que inclui banhos temáticos, no ofurô oriental com óleos essenciais e gengibre, banho tropical com ervas e plantas do mesma linha, banho de chocolate revigorante, com hidratação à base de cacau (além do tato, o paladar também é aguçado... imagine!!!), banho de vinho e uva... etc... Em seguida, uma massagem delirante também pode salvar qualquer ser de um colpaso geral... rs...

Sala Tropical - LA PROVENCE SPA


...e... no mais, CARPE DIEM! ("aproveite o dia"!)

















Sala Provençal & Sala Indiana

LA PROVENCE SPA


Carpe Diem!
Composição: Fresno

Eu não sei porque vou envelhecer
Se é bem assim que eu quero morrer
Dormindo, não vou me desfalecer
Pois quando eu for velho eu não vou mais ter
Razão pra viver, um amor pra sofrer
Pernas pra correr, uma missão pra ter
E não dá...E não dá pra imaginar
Como eu vou viver no mesmo lugar,
Num asilo sem ter amigos pra contar
Das coisas que eu fiz e não vou mais fazer
Eu envelheci
E devia morrer, mas eu me esqueci de avisar a Deus...
E agora eu sei que eu devo viver intensamente,
viver pra um dia eu não me arrepender das coisas que eu fiz
E nunca mais vou fazer
Daí eu já posso morrer
E agora eu sei que eu devo viver intensamente,
viver pra um dia eu não me arrepender das coisas que eu fiz
E nunca mais vou fazer
Eu já posso morrer...

quarta-feira, 17 de junho de 2009

"VER PARA CRER..."


Óleo sobre Tela: "A INCREDULIDADE DE SÃO TOMÉ"

CARAVAGGIO

Sinto a ARTE nas minhas veias... é algo natural, me identifico, tenho prazer em parar para contemplá-la. Falo de ARTE de maneira ampla, isso vai desde às artes decorativas mais simples, até a pintura, escultura, arquitetura, música, cinema... enfim, todas os tipos de expressões artísticas. Gosto de parar e refletir sobre o sentimento do artista naquele exato momento da concepção...
Algumas pessoas (eu diria que a maioria,talvez) não têm este mesmo sentimento sobre a arte, o que acho perfeitamente explicável e aceitável.
Explicável porque entendo que é realmente estranho para alguém que desconheça o processo artístico e toda a sua evolução (no sentido histórico), e que não tenha o devido monitoramento de alguém mais experiente nesta área (um professor de história da arte, talvez)achar maravilhosas as obras cubistas de Picasso, por exemplo.
Aceitável porque cada pessoa é um ser único, e não compete à ninguém julgar se o gosto por certa atividade (incluindo a apreciação de uma "obra de arte") deve ou não ser tomado por gosto universal, bem como o seu oposto.
Mas a questão é: sem conhecer, não se pode rotular.
Com a arte não é diferente. Você só poderá ter o seu próprio julgamento se propuser-se a conhecê-la. Isso não quer dizer que você precisa aceitar que a obra de Picasso, um famoso pintor espanhol cubista, tão aclamado mundialmente, como mencionei anteriormente, é de fato boa ou não (já que falei em Picasso... agora vou falar a verdade... euzinha não gosto muito do estilo dele... AFF! rs...).
Quando Caravaggio pintou "A Incredulidade de São Tomé", expressou algo muito profundo... Tomé precisa "cutucar" a feridade de JESUS para ter certeza do que estava vendo... a tal expressão: "É PRECISO VER PARA CRER", vem exatamente deste apóstolo. Infelizmente, muitas pessoas seguem a mesma linha e, afastadas da possibilidade de efetivamente VER, esquivam-se de aceitar a existência de DEUS na nossa criação.
Como na arte, sem SENTIR e CONHECER o SENHOR, tão pouco será possível crer nas maravilhas que Ele opera em nossas vidas!


"Há duas formas para viver a vida:


Uma é acreditar que não existe milagres.


A outra é acreditar que todas as coisas são milagres."


Óleo sobre Tela: "GUERNICA" - PABLO PICASSO


VERDADES



A sua verdade pode ferir.

Existe a sua verdade e a do outro.

Podem ser diferentes. Mas são verdades para cada um.

Tenha cuidado ao dizer a sua.

Procure compreender sem impor.

Diga a verdade que contraria sem ofender, para não perder a razão.

Não cause aborrecimentos. Nem estabeleça o clima de guerra.

Não enfatize a verdade que destrói.

Uma verdade dita com amor, esclarece e acalma.

Saiba falar. Use de moderação.

O outro tem também a sua razão.

O amor que você transparece no rosto

convence mais do que a verdade que disser!


(Lourival Lopes)


terça-feira, 16 de junho de 2009

DESPENTEADA



Geeeentem! Cheguei!!!

E estou muito feliz! Minhas férias foram especiais, cheias de surpresas e estou renovada!

E o melhor: com saudades de casa! Sempre falo que a melhor parte da viagem é justamente voltar para casa!

Ainda estou sem tempo para contar todos os detalhes, mas assim que me organizar, volto à ativa! rs...

Recebi este e-mail da Cris Pompeu, minha amiga, enquanto estive fora, e agora compartilho com você, porque achei-o perfeito! Tudo a ver com meu estado de espírito atual e minha nova fase de vida...



VIVER DESPENTEADA

(não sei quem é a autora, se souberem por favor, me avisem!)


Hoje aprendi que é preciso deixar que a vida te despenteie, por isso decidi aproveitar a vida com mais intensidade...
O mundo é louco, definitivamente louco...
O que é gostoso, engorda.
O que é lindo custa caro.
O sol que ilumina o teu rosto enruga.
E o que é realmente bom dessa vida, despenteia...
Fazer amor, despenteia.
Rir às gargalhadas, despenteia.
Viajar, voar, correr, entrar no mar, despenteia.
Tirar a roupa, despenteia.
Beijar à pessoa amada, despenteia.
Brincar, despenteia.
Cantar até ficar sem ar, despenteia.
Dançar até duvidar se foi boa idéia colocar aqueles saltos gigantes naquela noite, deixa seu cabelo irreconhecível...
Então, como sempre, cada vez que nos vejamos eu vou estar com o cabelo bagunçado... mas pode ter certeza que estarei passando pelo momento mais feliz da minha vida.
É a lei da vida: sempre vai estar mais despenteada a mulher que decide ir no primeiro carrinho da montanha russa, que aquela que decide não subir.
Pode ser que me sinta tentada a ser uma mulher impecável, toda arrumada por dentro e por fora.
O aviso de páginas amarelas deste mundo exige boa presença:
Arrume o cabelo, coloque, tire, compre, corra, emagreça, coma coisas saudáveis, caminhe direito, fique séria... e talvez deveria seguir as instruções, mas quando vão me dar a ordem de ser feliz?
Por acaso não se dão conta que para ficar bonita eu tenho que me sentir bonita... A pessoa mais bonita que posso ser!
O único, o que realmente importa é que ao me olhar no espelho, veja a mulher que devo ser.
Por isso, minha recomendação a todas as mulheres:
Entregue-se, coma coisas gostosas, beije, abrace, dance, apaixone-se, relaxe, viaje, pule, durma tarde, acorde cedo, corra, voe, cante, arrume-se para ficar linda, arrume-se para ficar confortável!
Admire a paisagem, aproveite, e acima de tudo, deixa a vida te despentear!!!
O pior que pode acontecer é que, rindo frente ao espelho, você precise se pentear de novo...
P.S. - não se assuste... não joguei minha escova de cabelos no lixo... não ainda, pelo menos... rs... Mas a idéia é ser feliz, sem amarras! Depois de algum tempo, percebi que isto só depende de mim... e HOJE, sou uma nova mulher! beeeeeijos à todos!

sexta-feira, 12 de junho de 2009

LOVE'S IN THE AIR

Ainda estou em férias mas programei este post para hoje, que é um dia ESPECIAL, dia dos NAMORADOS... ou melhor dos ENAMORADOS, antes de viajar, porque acho que não poderia deixar esta importante data em branco... "porque metade de mim é amor... e a outra metade... também!.."

Hoje não é um dia especial só para aqueles que têm alguém pra chamar de "seu"... é também para todos aqueles que tiveram a sorte de um dia entender o significado da palavra AMOR, assim como eu tive... digo isso porque às vezes tenho a sensação de que muitas pessoas nesta vida ainda não foram contempladas pelo Cupido, ou se foram, em algum momento, tentam/tentaram a todo custo, passar a vida se esquivando de viver este sentimento tão lindo e único... Entender o AMOR? PRA QUÊ? rs... feche os olhos e sinta... de nada valeriam explicações para isso... mesmo porque, a melhor parte está justamente naquilo que não se explica... quando sentimos o coração descompassado e aos tropeços ao ver e sentir a pessoa amada...

FELIZ DIA DOS NAMORADOS!!!

"Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo a porta.
O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à razão.
O verdadeiro amor acontece por empatia,
por magnetismo, por conjunção estelar.
Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada,
veste-se bem e é fã do Caetano.
Isso são só referenciais.
Ama-se pelo cheiro, pelo mistério,
pela paz que o outro lhe dá,
ou pelo tormento que provoca.
Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam,
pela fragilidade que se revela quando menos se espera..."
ARNALDO JABOR


Love Is In The Air
(Paul Young)

Love is in the air, everywhere I look around
Love is in the air every sight and every sound
And I don't know if I'm being foolish
Don't know if I'm being wise
But it's something that I must believe in
And it's there when I look in your eyes
Love is in the air , in the whisper of the trees
Love is in the air
In the thunder of the sea
And I don't know if I'm just dreaming
Don't know if I feel sane, but it's something that I must believe in
And it's there when you call out my name
Love is in the air... Love is in the air
Oh oh oh! Love is in the air...
In the rising of the sun... Love is in the air
When the day is nearly done... And I don't know if you're an illusion
Don't know if I see it true... But you're something that I must believe in
And you're there when I reach out for you
Love is in the air... Every sight and every sound
And I don't know if I'm being foolish,
Don't know if I'm being wise, but it's something that I must believe in
And it's there when I look in your eyes

quarta-feira, 3 de junho de 2009

FÉRIAS



FÉRIAS!
Te "vejo" na volta!
Com idéias novas,
Mais feliz, Bem humorada,
Descansada e Cheia de gás!!!


Fiquem com Deus!


..."pra onde tenha SOL, é pra lá que eu vou!"...
uma ilha paradisíaca (DEPOIS TE CONTO)!


O Sol
Jota Quest
Composição: Antônio Júlio Nastácia

Ei, dor!
Eu não te escuto mais
Você... não me leva a nada
Ei, medo!
Eu não te escuto mais
Você... não me leva a nada...
E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha Sol... É pra lá que eu vou...
Ei, dor!
Eu não te escuto mais
Você... não me leva a nada
Ei, medo!
Eu não te escuto mais
Você... não me leva a nada...
E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha Sol... É pra lá que eu vou
É pra lá que eu vou...E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha Sol... É pra lá que eu vou...
Yeah! Han! Caminho do Sol, eh!
Lá lararará! Caminho do Sol, eh!...
E se quiser saber pra onde eu vou
Pra onde tenha Sol... é pra lá que eu vou...

segunda-feira, 1 de junho de 2009

EDUCAÇÃO & ETIQUETA - parte II

Falamos de questões básicas de EDUCAÇÃO anteriormente. Essas, certamente, não têm preço! Mas conhecer algumas questões mais específicas de ETIQUETA SOCIAL nos ajudam a sair de certas "saias justas".
Esses dias, conversando com um casal de amigos, ouvi deles que haviam ganhado como premiação por suas vendas, um cruzeiro num transatlântico. Achei o máximo!!! Imagina só! Viajar num transatlântico não é para qualquer um... além de ser uma viagem inesquecível!!! Mas fiquei muuuuito surpresa ao ouvir deles que haviam desistido e simplesmente dado a "viagem dos sonhos" para um outro casal, gratuitamente, porque acharam que não se sentiriam bem num ambiente tão diferente do que estão acostumados... IMAGINE?!? Daí parei para pensar sobre isso, e só o que me vem à cabeça é a sensação de insegurança que eles devem ter sentido por desconhecer algumas regras de etiqueta social e comportamento. Assim, qualquer situação "fora do comum" já seria o suficiente para fazê-los optar por algo mais comum.
Penso: perderam uma grande oportunidade por besteira (independente de conhecer ou não essas regrinhas sociais)!!! Mas, o que se passa na cabeça e no coração alheio não nos compete julgar... porém, tentar melhorar nossos conhecimentos sobre estas situações nos ajuda a enfrentar o medo do desconhecido e nos amplia as possibilidades de conhecer um mundo novo que, pode sim, ser muuuuuito legal!

Frescura é muito diferente de tratar-se com elegância... A seguir, algumas questões que causam dúvidas (parte 1):


À MESA : Certamente o que mais causa insegurança num ambiente refinado é estar à mesa com pessoas refinadas ou ambientes do mesmo trato. Para simplificar a sua refeição e deixá-la literalmente saborosa, antes de qualquer coisa, aprecie o momento. Deixe seu paladar falar mais alto, sem se preocupar se estão olhando ou não para você. Relaxe!
Em seguida sim, entenda a lógica daqueles milhares de talheres e copos e pratos e, e.... rs...
É facil: Primeiramente, coloque o guardanapo aberto sobre o colo.
Esta é a Regra No 1!!!
Em geral, quando a mesa vem recheada de talheres e pratos sobrepostos, um garçon ou copeira, deverá serví-lo(a). Assim, se encarregue apenas de usar os talheres em sequência DE FORA PARA DENTRO, assim como os pratos, que deverão ser retirados por aqueles que estão lhe servindo.
O pratinho no canto superior esquerdo é para pães e afins, assim como a pequena faca que o acompanha. Use-o para este fim, apenas.
Às vezes, alguns pratos específicos requerem o uso das mãos para levá-los diretamente à boca, sem o auxílio de talheres, como patinhas de carangueijo, por exemplo. Nestes casos, devem vir acompanhados com um pequeno bowl (pote) que chamamos de lavanda, no canto superior esquerdo também, onde se tem uma mistura de água e álcool e eventualmente, pétalas de flores. Neste bowl, deve-se mergulhar as pontas dos dedos apenas e enxugá-los no guardanapo que está no COLO.
Talheres para peixes e frutos do mar são diferentes dos demais. As facas não possuem serra e têm formato de losango. Já os garfos, têm 03 'dentes' apenas. Só use-os se for degustar este tipo de prato, do contrário, deixe-os na mesa, caso o garçon não os retire antes.
O prato grande que está embaixo do último prato de tamanho normal chama-se SOUSPLAT. Ele serve apenas de apoio para este último prato e para conservar, eventualmente, a temperatura'mais 'aquecida' da comida, já que o prato não está diretamente em contato com a mesa fria.
Copos também podem nos confundir, mas lembre-se que sempre o copo principal é o da água, que é considerado o líquido MAIS IMPORTANTE, assim, este acompanhará qualquer bebida, seja vinho ou um 'simples suco de frutas'. O copo da água estará sempre à esquerda. Na sequência, da esquerda para direita, temos um outro um pouco menor para vinho tinto, e depois outro ainda menor para vinho branco. Se houver prosseco/champanhe/frisante, a taça deverá estar atrás dos copos, ao centro, levemente à direita. Quando for tomar algum destes líquidos, não se esqueça de limpar a boca antes no guardanapo, de maneira que o excesso de batom ou restos eventuais de comida, possam ser retirados neste momento, sem que fique aquela marca 'suja' na taça.
Durante a refeição, a faca, quando não estiver sendo usada, deverá ficar apoiada num dos cantos superiores do prato, de maneira que o cabo e a lâmina estejam sobre o mesmo.
Terminada a refeição, não se esqueça de colocar os talheres em paralelo, do seu lado direito, com o garfo mais próximo do seu corpo e a faca ao seu lado, mais acima, com a serra da mesma voltada para o seu corpo. Jamais cruze os talheres. Assim o garçon entenderá que você está satisfeito e retirará a louça que foi usada. Continue com o gardanapo no seu colo até que chegue a hora de se levantar... e não se esqueça dele neste momento (pra não deixá-lo cair)! Daí sim, displicentemente (sem ficar dobrando certinho), coloque-o sobre a mesa e pronto!

BOM APETITE!!!
Adicionar imagem

VISITAS - Se é a PRIMEIRA vez que você é convidado à casa de alguém, não se esqueça de levar uma lembrancinha para o(a) anfitrião(ã). Para mulheres, recomendo uma flor, em pequeno vaso (nada exagerado e caro!) ou buquê delicado. Para homens, um vinho, se o mesmo é apreciador... ou outra especiaria, como uma garrafa de azeite especial ou até mesmo um pote de doces (tipo 'doce de leite'... se ele for do tipo formiguinha, principalmente!). Isso não é regra! Se não puder fazê-lo, tudo bem! Mas mostra consideração para aquele que se dispôs a recebê-lo(a). Para visitas à recém-nascidos, jamais apareça sem avisar, pelo menos com 01 dia de antecedência e no horário que for mais adequado ao pais do bebê. Tenha em mente que a família ainda está se adaptando a esta novidade, então, não interfira no funcionamento da casa de maneira alguma. A lembrancinha para o bebê é indispensável e o tempo de visita não pode ser superior a 40 minutos (quando muuuuito íntimo dos pais!). Outra coisa que deve ser atentada é de não se perfumar para esta situação. Alguns bebês podem desenvolver alergia de contato quando exposto à perfumes, nesta fase. Evite a todo custo! Os pais agradecerão!... e.... só segure o bebê se os pais oferecerem, do contrário, nem peça. Assim, todo mundo fica feliz!

"O homem não é nada além daquilo que a educação faz dele".

Immanuel Kant